11 de janeiro de 2012

Coisa que dá em gente... se fosse porta, não dava!

Então.. eu sempre fui gordinha, daquelas roliças e saudáveis. Durante toda minha vida fiz exames, me mexe daqui... me mexe dali...
Glicemia? Perfeito!
Colesterol? Bom!
Caminhada diária com os cachorros, alimentação saudável. Minha vida por um prato de rúcula! O cheiro, o sabor então...
"Ah... mas ela toma vinho". Sim! e olha os benefícios do resveratrol!
Mas de uns meses para cá, comecei a ficar muito inchada, me sentindo péssima, com um desgaste mental enorme, me sentindo deprimida. sem motivos! Sabe quando não se consegue levantar da cama? Era eu. Eu mesma.
E todos os exames normais. Sem nada!
Até que meu cardiologista me pediu exames específicos para insulina, e a surpresa! Meu organismo é resistente à insulina. É uma síndrome metabólica genética, não tem jeito!
Isso quer dizer que eu como, produzo insulina normalmente mas ela não é utilizada na totalidade pelo organismo.  Coisa que dá em gente!
Como curiosa que sou, li alguns periódicos científicos e me encaixei totalmente no perfil dos sintomas: fadiga e cansaço mental, inchaço intestinal, depressão (!!!), aumento na pressão arterial (fui uma vez para o pronto-socorro com a pressão lá em cima)
Quando o médico foi me explicando, fui entendendo tudinho. Que coisa de doido!!
"Mens doida in corpore doido"
Fiquei toda alegrinha por descobrir a raiz de tudo, mas aí veio a pior parte (rsrsrs).Tem remédio? Sim, tem. Possível efeito colateral do remédio - depressão (pelo principio ativo e pelo preço rsrsrs) - tô fora!
Tem outro remédio? sim. exercício aeróbico e dieta restritiva. Queimar energia.
E é nessa que estou. afinal fazer o que né?
Como eu O-DEI-O o " e um, e dois, e três... DE NOVO!" das academias, me matriculei na natação. E lá vou eu naquela água quentinha nadar e nadar e nadar
E vamos lá!!
Até a próxima!

2 comentários:

  1. Oi Rô;

    Já tive questões parecidas... Taxas fora dos limites, essas coisa. Sabe como resolvi?.. Deixei de fazer exames e ir a médicos.

    Teoria da conspiração...

    1- Você procura um médico.
    2- O médico passa uma bateria de exames, e indica o laboratório; na requisição o nome do médico; Ele vai receber comissão.
    3- À luz dos exames, o médico receita alguns remédios para "melhorar suas taxas". Na receita, o remédio "de marca", não o genérico. Ele vai receber comissão.
    4- Devido a ter detectado "alguma coisa" ele recomenda que você procure um especialista (Os colegas farão o mesmo per ele).
    - Volte ao item 1

    Exeto por (minha amiga) dentista, oculista (para renovar a CNH), um ou dois ortopedistas (sou meio atrevido), e um urologista; tem mais de dez anos que não vou a médicos nem faço exames de qualquer expécie. Também sou averso a exercícios e dietas. E bebo demais (leia-se: muito, todo dia :-).

    ResponderExcluir
  2. Que coisa, Ró. Fiquei impressionada. O nosso corpo é um mistério e um foco de fascinação. Amo o teu blog, sabia? Beijo.

    ResponderExcluir