1 de abril de 2011

SIMPLICIDADE VOLUNTÁRIA (4): Vida Simples NÃO É Vida de Solidão

Nada mais chato do que o cara que acha que a simplicidade é abrir mão das coisas e se isolar do mundo de relação, se isolando em um sitiozinho mixuruca e sem recursos.
Ai ai esse povo que acha que a simplicidade passa pela pobreza (do espírito e do corpo)...
Na realidade eu estou constatando que é justamente o contrário, acredite se quiser!
Como eu estou nesta mudança de paradigmas em minha vida, ando cortando um monte de arestas e estou vendo que realmente o tempo sobra!!
Quer ver um exemplo? A televisão...
Antes eu ficava um tempo bem maior vendo TV, geralmente emendava um programa no outro, CSI atrás de CSI. E haja reprise de temporada.
Me eduquei a não ver mais as reprises. Parece bobagem??? Mas não é! Com isso eu ganhei uns 70% de tempo para fazer outras coisas. Deixei de ver? Não, apenas me condicionei a não ver episódios repetidos.
Com isso ganhei aquele tempo que falei no post sobre o livro e o vinho.
E tem mais, acabei ganhando um tempo livre sabe para que??? Ligar para aquelas pessoas que há muito tempo deixei de “ter tempo para ligar”. E nessa, os papos são colocados em dia, a vontade de se ver surge e eis que temos uma noite maravilhosa recebendo os amigos em casa, tornando-a mais aconchegante ainda.
E rola uma boa música, rola histórias, e assim tornamos nossos laços de amizade mais coesos ainda..
Cada vez que você opta pela simplicidade, você está se utilizando do livre-arbítrio e como a escolha passa a ser sua, a vontade de realizar entra em ação.
E assim estou estreitando os laços de amizade, priorizando as pessoas ao invés das coisas.
Eu estou embarcada. Estou trabalhando feito uma condenada (tem até o macacão laranja das séries americanas), mas é muito bom ser receptiva a conhecer novas pessoas, novas vivências.
Eu tenho por hábito não conversar de trabalho na hora de almoço e depois do trabalho, então imagina o universo de culturas, experiências que eu estou conhecendo e aprendendo.
Vale a pena promover estas pequenas mudanças, permita-se dar até logo para a televisão e dizer um como vai para a vida...
Sempre terá alguém disposto a “um dedinho de prosa”
E claro, sempre com os amigos à volta!
Até a próxima!!!

Um comentário:

  1. Mas do jeito que voce é, não deve ter nada mais gostoso do que compartilhar o dedinho de prosa com voce!
    Ótimo post. Dá para pensar em se esforçar para mudar algumas rotinas.
    Realmente, por puro comodismo acabamos vendo todas as reprises, esperando a nova temporada!!!
    bjs e saudades!

    ResponderExcluir