27 de março de 2011

SIMPLICIDADE VOLUNTÁRIA (3): Desapego NÃO É Sinônimo de Desleixo

Em 2002, aconteceu uma cena entre meu gerente e uma amiga minha que nunca mais esqueci. Esta minha amiga tinha deixado de trabalhar no ambiente off-shore e começou a trabalhar em uma gerência de staff na sede da empresa.
Ela começou a trabalhar com o mesmo estilo que embarcava: calça jeans, camiseta de malha e tênis. Este gerente conversou com ela de uma forma muito diplomática (isso me marcou!!!) dizendo que onde ela trabalhava agora (com as principais gerências da empresa) não comportava aquele jeito de se vestir, pois ela tinha que passar algo formal nas relações de trabalho. Eu achei fantástico o comentário dele! Para um ambiente corporativo, tudo a ver!!
E quando se começa a pensar em vida simples, mais uma vez o que predomina é o estereótipo do desleixado, e isso não é verdadeiro. O cara jogadão com um jogging de malha e tênis, não é mesmo??
ERRADÍSSIMO!!! A simplicidade não tem nada com o desleixado.
A simplicidade é a compra de bom-gosto, com seu estilo sem os excessos. É comprar o que você realmente vai usar e o que vai te fazer sentir bem.
Nada de ser igual à ex-primeira dama das Filipinas, Imelda Marcos, que possui mais de 3.000 pares de sapatos, mas fazer da compra do necessário um momento de prazer e descontração.
E quando for comprar o necessário nada de fazer o que eu chamo de "economia burra". Quer ver um exemplo muito comum?
Você está precisando de um calçado novo. Tem aquele de melhor qualidade que é mais caro do que um parecido, que qualidade inferior e claro, preço bem mais atrativo. Aí você pensa: vou economizar alguns reais levando o de qualidade inferior. Depois disso? Haja esparadrapo nos dedos, calcanhar etc. Usa algumas vezes e acaba deixando de lado, porque no seu dia-a-dia o sapato machuca muito e haja bolha!!! Abra seu armário e veja quantos sapatos existem nesta situação. Vamos lá!! Doe-os!! Faça o mesmo com as  roupas. Encontre seu estilo. esqueça estes modismos de invadem nossas vidas a cada estação.
Eu tenho uma coisa que sou apaixonada - lenços e echarpes! Blusa simples, calça simples e um echarpe - me sinto poderosa!! Com eles vou a qualquer reunião, qualquer apresentação.
Agora, se voce acha o bem-vestir uma bobagem, algo que a simplicidade está associada à roupas surradas e jogadas, mostro uns exemplos do contrário:
Voce já viu Chico Xavier se expondo na mídia sem seu terno? E Divaldo Franco?
Até mesmo outros ícones da simplicidade, andam em andrajos? rasgados? mulambentos??? Queria o branco da roupa de Madre Teresa no uniforme de escola de Johann!
Então! Consegui te provar que simplicidade não é desleixo??? Espero que sim!

Até a próxima!

Um comentário:

  1. Excelente ;)
    Simplicidade é uma coisa, desleixio é falta de vergonha.

    ResponderExcluir