28 de novembro de 2010

DISCOS DE VINIL - Nostalgicamente Cool

A música sempre me acompanhou. Meu pai sempre gostou de escutar música, e eu sempre o acompanhei nesta paixão.
Lembro da nossa primeira vitrola, uma sharp que dava para colocar vários LP para não precisar ficar mudando sempre.
Meu pai sempre comprava os discos para mim e meu irmão e lembro que meu primeiro disco foi o "The Wall" de Pink Floyd.
O tempo foi passando... meus discos me acompanharam por onde passei.
Quando veio a tecnologia dos CD, confesso que demorei muito a me render ao som limpo e cristalino.
Afinal, eu cultivava aqueles LP com os chiados, de uma gravação original da década de 50 de Mama Thornton e tantos outros!!
Uma vitória! Consegui o Sgt Pepper's Lonely Hearts Club Band ORIGINAL!!! A capa dupla plastificada!!!
Comprei cd, dvd, enfim tudo o que tinha música, pois é a música que me faz feliz!
O tempo passou e eu guardei a vitrola AIWA que meu pai comprou, há muito tempo atrás.
Com eu sou apaixonada por cinema  e música eu tinha adaptado meu som para sair como som stereo, juntando o DVD ao som. E sempre sonhando com a vitrola que meu pai deixou para mim...
Até que finalmente eu comprei o home teather que sempre quis e assim trouxe da casa de meus pais a tão falada vitrola. Minha mãe trouxe com apenas 4 discos para testá-la e se necessário mandá-la para o conserto. E qual foi minha surpresa ver que depois de mais de 15 anos, a tal funciona melhor que qualquer mini-system!
Por “acaso”, o LP que minha mãe trouxe para testar foi um de Stanley Jordan, que dia mais feliz!  Johann que nunca tinha visto algo tão antigo se emocionou ao escutar  Stairway to Heaven com este fantástico guitarrista.
Foi uma noite inesquecível! E vem muito mais por aí... Afinal só vieram quatro de uma coleção que quase duzentos, que sobreviveram guardados por quase vinte anos esperando por este momento mágico!
Até a próxima!!!




3 comentários:

  1. Ei Gata!
    Legal isso de reavivar antigas paixões!!!
    é bom vermos estas coisas hoje em dia. Nos traz um pouco de historia dos nossos ídolos do rock.
    Espero que seu filho goste da idéia e abrace este universo tão especial
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá Rosângela;

    Peço licença para divergir um pouco de sua opinião.
    O som "limpo e cristalino" dos CD's não consegue superar o timbre especial que só os LP's têm.
    Há um bom tempo que meu bom e velho "pick-up" tinha voltado à ativa aqui em casa. Recentemente o doei, e também minha coleção de LP's,
    ao meu filho, que agora está curtindo, e comprando, vinis.
    Talvêz o "Sgt Pepper's Lonely Hearts Club Band com capa dupla plastificada" ou o "Yellow Submartine" tenha sido um dos meus primeiros discos, que ainda estão tocando com muito boa qualidade.
    Mas para que não pensem que sou um velho saudosista, comprei recentemente, e recomendo, o mais novo CD de Eric Clapton.

    Um grande abraço;
    Walter.

    ResponderExcluir
  3. eu concordo com voce!não há nada melhor que o chiado dos meus LP!
    eu tenho um CD remasterizado de Buddy Guy onde deixaram o chiado, pois este é o must de escutar uma gravação original da década de 50!
    o som dos CD nunca serão tão gostosos de ouvir do que o que sai da velha vitrola.
    ai ai ai!!! se eu soubesse antes que vc também é um fã da velha vitrola, teria pedido para voce doar sua coleção de LP aqui para casa :)))
    adorei seu comentário!voce sempre é muito bem-vindo aqui!!!
    abraços!!!

    ResponderExcluir