20 de julho de 2010

BODAS DE PRATA - ¼ de século!!!

Domingo eu estava nas nuvens com meu Tannat!!!
Eis que segunda-feira, caí na mais dura realidade! Recebi um e-mail de uma amiga da faculdade me parabenizando ... pelos meus 25 anos de formada!
Meu Deus! Parece que foi ontem que estava me arrumando para a formatura, feliz e contente, cheia de esperanças e com uma coroa feita de anéis aromáticos! SOU QUÍMICA!!!
E assim a vida seguiu... mestrado, doutorado (prometo terminar a tese em breve!!!), Universidades, cidades, mundos voláteis.
Bem saudosista! Não que eu seja assim tão velha. Confesso a vocês que entrei com 16 anos na faculdade, que tinha um tutor (um amigo mais doido que eu, que meu pai confiava) que assumia a responsabilidade sobre mim quando eu ia apresentar trabalhos ou participava de Congressos fora do Rio. Naquela época precisava disso! Fui de Porto Alegre à Recife no ônibus velhinho da UFV. Naquela época, tudo era motivo de farra!
Fui da UNE (ainda ilegal), participei de movimentos politicos ainda no regime militar. Fui às Diretas Já. Chorei quando Tancredo Neves morreu. Apanhei da polícia na Cinelândia ...
E hoje me sinto dentro da mente de Elis Regina quando ela cantou “como nossos pais”. Só não sinto dor ao perceber que estou como meus pais, pois não há nada melhor no mundo do que fazer como eles faziam quando chegavam em casa, sentir aquela sensação gostosa de “LAR”.
Onde o som dos filhos brincando com os cachorros é mais divino do que qualquer composição de Beethoven. 
Onde o sorriso de alegria do filho ao chegarmos em casa é mais precioso do que o céu estrelado de Van Gogh. 
Onde lembrar de tudo o que se viveu desde o dia que jogou o canudo para cima na formatura vale mais do que qualquer filme de Hollywood, simplesmente porque esta É a minha vida - maravilhosa.
Eita ¼ de século mais bem vivido!!!
E como nos diz o ditado:
"Os químicos são uma estranha classe de mortais, impelidos por um impulso quase insano a procurar seus prazeres em meio a fumaça e vapor, fuligem e chamas, venenos e pobreza, e no entanto, entre todos esses males, tenho a impressão de viver tão agradavelmente que preferiria morrer a trocar de lugar com o rei da Pérsia."  
(Johann Joachim Becher, PHYSICA SUBTERRANEA 1667) 

18 de julho de 2010

LAS BRUJAS - Um Tannat Bem Encorpado

Domingo … um diazinho frio que só... deu uma preguiça de sair de casa...
Então resolvi inovar na cozinha, vontade de comer uma massa com molho diferente acompanhando um vinho diferente.
Hummm... deixa eu começar (claro!!!) pelo vinho. E hoje o degustado foi um vinho uruguaio com nome bem sugestivo – Las Brujas (no creo, mas...). Este vinho, da casa Gimenez Mendez é um tannat, uma cepa francesa que se adaptou muito bem na região sul do Uruguai, e que tem como característica principal ser adstringente, com gosto e cor bem encorpados. Um vinho muito bonito, coloração fechada mas com aroma bem fresco.
Voltando à culinária...
Para combinar com este tipo de vinho – encorpado – fiz um fusilli com molho de azeitonas pretas. Ando meio cansada dos molhos tradicionais e resolvi inventar um que fosse  de gosto marcante e picante ao mesmo tempo. Fiz um molho de tomates  básico e adicionei azeitonas pretas e raspas de gergelim. Dei algumas batidas com o mixer para ficar mais encorpado. Não é por nada não, mas ficou delicioso!!! Fico devendo a foto porque a bateria da máquina descarregou e eu não ia esperar (de jeito nenhum!!!) fotografar para depois comer.  Mas acreditem em mim! Esta mistura de salgado, doce e adstringente ficou maravilhoso!
Com o vinho deu uma esquentada neste domingo chuvoso.
Ah... lembram que no post passado eu dei um voto de confiança para a Labralouca? Pois bem, ela não pegou uma plantinha sequer do novo jardim, continua tudo lá... e mais... olhem que beleza as orquídeas que desabrocharam!
Até a próxima!

2 de julho de 2010

MEU JARDIM - Uma Nova Tentativa

fotos: meu jardim hoje (pode não ser mais amanhã)

Resolvi refazer meu jardim!
Como a minha labralouca já está mais "madura" tenho a esperança de que ela mudou.
Então ontem fui à CADEG comprar novas mudas do meu jardim.
Passei uma manhã maravilhosa entre rosas, palmeiras e orquídeas.
Resolvi mudar as plantas que usualmente utilizo para ver como vai ficar.
Minha primeira mudança foi comprar mini-roseiras para o meio do canteiro, com flores de diferentes matizes.

Também optei amor-perfeito e mini-cravinas, porque estas plantas são mais resistentes ao calor, e o melhor de tudo, 15 mudas por R$ 12,00. Não sei se voces perceberam, mas as orquídeas agora são suspensas, afinal de contas, com minha querida Labralouca, a gente tem que confiar desconfiando.
Mas de tudo o que fiz, o que mais gostei foi o canteirinho de ervas aromáticas. Há muito tempo eu queria fazer um cantinho assim em cima de dos medidores, mas nunca tinha achado os vasinhos do jeito que eu queria.
Entrei em uma loja na CADEG que nunca tinha ido, e veja o que descobri - cachepôs lindos, de metal e coloridos que ficaram maravilhosos! Os de poás são as coisas mais lindas! De lilás a vermelho, uma variedade enorme de cores dos cachepôs. Então coloquei os identificadores com as espécies e ficou fantástico! um cantinho "morto"pelos medidores de gás e água ganharam vida nova com estas ervas, que com certeza eu aumentarei a coleção.
Além disso, quero dividir com vocês a minha alegria de ver que meu bonsai de romã frutificou. Estou super-feliz, porque a plantinha deu cada romã linda. Aqui nesta foto o fruto está encostado na casinha de pedra.
Olha que coisa mais linda!
Até a próxima!!!!