27 de junho de 2010

CORDILHEIRA DOS ANDES - Susquez, Quebrada de Humahuaca

fotos:minha casa e Quebrada de Humahuaca (Argentina)
Hoje, com este dia lindo de céu azul, eu fui à minha loja preferida, Bardot Vinhos & Artes comprar o maravilhoso espumante Toso. Infelizmente estava em falta, pois a saída está muito grande (mas já reservei o meu!!!!).
Trouxe um outro vinho das mesma adega CRIOS, um vinho 50% Shiraz e 50% Bonarda. O Shiraz eu já conheço, um vinho forte e encorpado, mas confesso nunca ter ouvida falar do Bonarda.  Esta variedade de uva, oriunda da Italia e adaptada ao clima argentino, embora seja bastante aromático, não tem um sabor muito requintado, e para mim relembra aquelas safras não muito populares. Decepção.
Ao ficar namorando os demais vinhos da Bardot, comecei a me lembrar da viagem que fiz em de carro, quando atravessei a Cordilheira dos Andes por Salta – São Pedro do Atacama.
Uma das passagens mais inusitadas foi na Quebrada de Humahuaca (Argentina), caminho para cruzar a Cordilheira para o Chile via Paso de Jama. Um local de outro planeta, que um dia foi fundo de mar e que agora são platôs enormes, com fendas inacreditáveis.
No meio da estrada, aquele parafuso que não tinha que estar ali, entrou no pneu do carro e então começou a longa saga de procurar uma Gomeria  (borracheiro) no meio do nada.   O vilarejo mais próximo, já na subida da Cordilheira, foi um lugar chamado Susquez.
Carro parado no borracheiro, e lá vou eu ficar do lado do carro olhando o conserto. Do meu lado, parou uma menininha de cerca de 4 anos, e ficou parada me olhando, de cima a baixo, com o olhar bastante intrigado! Ela passou um tempão me olhando, e quando fui dar um “holá” para ela,  a meninha me arregalou os olhos e saiu correndo. A primeira coisa que pensei foi ter feito besteira, sei lá como é a tradição deste povo!
Mas aí parei para perceber o mundo ao meu redor e vi que onde paramos era um povoado indígena. Não vi ninguém com a pele branca. Então fiquei imaginando que aquela menininha talvez jamais tivesse visto uma pessoa tão branca e loira como eu!!!  Me senti uma alienígena naquela terra de casas de terra, mas confesso que quando voltei para a estrada, nunca ri tanto!!!!
De lá, comecei a subir a atravessar a Cordilheira para a divisa com o Chile, para pegar o deserto de Salar com seus flamingos ao longe, mas isso é uma outra história...
Até a próxima!!!!

SEMANA CHEIA - Muitos Assuntos em um Só

Eu tive vontade de escrever várias coisas na semana que passou, mas o tempo anda rápido demais para meu gosto...

Jose Saramago
Este fantástico escritor português, premio Nobel de Literatura (1998) desencarnou semana passada, dia 18. Em meio aos jogos da Copa do Mundo, campanha eleitoral, brigas e picuinhas políticas.
Sempre foi um escritor bastante polêmico, mas com obras belíssimas.
No velório de Saramago, quem ganhou um "fora" foi a candidata a presidência da república, que resolveu fazer suas politicagens com sua comitiva no meio do caminho, atrapalhando as pessoas que foram lá se despedir do poeta.
Mas deixando este King-Kong de lado, creio que o papelão foi do Vaticano. Todos conhecem a postura ateísta e marxista do Saramago, de seu polêmico livro "O Evangelho segundo Jesus Cristo", sua visão da Inquisição e tantas outras coisas que já rolaram entre ele e a Igreja.
Mas o que eu achei um absurdo foi no dia seguinte à sua morte, o Vaticano escrever através de seu jornal oficial um documento falando mal do autor. Eu achei completamente absurdo a Igreja "chutar cachorro morto".
Parece coisa de comadre fofoqueira né?

DUNGA
Bom ... eu sou 100% Dunga! Tirando os xingamentos que é "o lado negro da força", sou fã dele!
Eu fico tentando imaginar o que deve ser vários técnicos frustrados dando palpite sobre seu trabalho.
E quanto a brigar com a Venus Platinada, concordo plenamente, afinal, todos somos brasileiros, existem várias emissoras brasileiras com profissionais dignos, então porque dar privilégios a apenas uma? 
Embora eu não acredite que nossa seleção vá dar passos maiores nesta Copa, torço para que isso aconteça pelo Dunga, ele merece. Tem raça!
Ahhh! Querem um comentário cítrico sobre a Seleção? Em não gosto do Kaka, não gosto de um jogador que usa um salto mais alto do que o meu para trabalhar

13 de junho de 2010

A COZINHA E EU (1) - Mousse de Morango

Como disse no post passado, já que não posso estar fazendo estripulias, estou me dedicando à arte culinária. Nada também muito sofisticado ainda, bem forno e fogão, pois também não posso ficar próxima por muito tempo do calor.
Então resolvi fazer uma deliciosa sobremesa, adaptada do site na Nestlé, um mousse de morango light.
Em primeiro lugar eu retirei da receita original a polpa congelada de frutas vermelhas e fiz com a fruta mesmo,  apenas de morango, porque as outras (framboesa e amora) não consegui achar no Hortifruti. Também diminuí uma colher de adoçante porque não gosto de sobremesas muito doces.
Vamos à receita:

MOUSSE
ingredientes
- 1 lata de Creme de Leite Light
- Meia colher de suco de limão
- 300gr de morango batido em polpa
- 4 colheres de sopa de adoçante culinário
- 1 envelope de gelatina em pó sem sabor (12gr)
- 2 claras em neve
Modo de fazer
Em uma tigela, misture o creme de leite e o suco de limão. Adicione polpa de morango. Misture bem.
Junte metade do adoçante, misture e reserve.
Dissolva a gelatina em meia xícara (chá) de água e leve ao banho -maria até derreter. Misture ao creme de frutas e reserve.
Bata as claras em neve com o restante de adoçante e incorpore delicadamente ao creme reservado. Leve à geladeira por 4 horas.

Dicas:
1) Dissolva muito bem o adoçante na polpa de frutas e  na clara em neve, pois como ele é muito fino, costuma embolotar.
2) Se quiser, utilize a mesma quantidade de açúcar, pois o adoçante culinário tem a mesma proporção.
3) Ao invés de comprar polpa pronta congelada, utilize a própria fruta. No caso do morango, ele é excelente fonte de vitamina C: uma xícara (nesta foram 6) oferece quase 100% das necessidades diárias dessa vitamina que ajuda a fortalecer o sistema imunológico e tem ação antioxidante.  Além disso, o morango é fonte de folato e potássio.
4) Procure as frutas mais suculentas, como não está sendo utilizado corante ou aromatizante, elas estarem saborosas e com a cor bem viva é fundamental.
5) Se quiser, faça uma calda colocando no fogo 100gr de morango em polpa com uma colher do adoçante e deixe formar um melado.
Esta receita forneceu 8 porções bem servidas. Cada porção tem uma média de 75 calorias.
Na próxima semana vez, vou tentar com creme de leite de soja, para aquelas pessoas que são sensíveis ao leite.
Ah... claro, aviso a vocês!!!
Até a próxima!!

10 de junho de 2010

SPIRITUS SANO IN CORPORE SANO - Como assim?

Bom… como escrevi em alguns posts anteriores, eu passei por uma cirurgia bastante difícil. Eu sempre me cuidei bastante, com um histórico desfavorável de câncer na família, eu anualmente faço um check-up completo e para minha surpresa, este ano, ao fazer os exames de rotina, me deparei com 2 nódulos e 1 tumor em cada seio. Fiz a cirurgia dia 19/05 e estou em fase de recuperação, feliz porque tudo deu certo. Não sei do Brasil, mas eu sou Hexa – ganhei dos seis “problemas” que me rondavam o corpo e a mente.
Voltei a trabalhar (que maravilha!!!) mas estou com restrição de atividades até 09/07 – estou contando cada dia que passa para poder voltar a fazer as coisas simples que me fazem feliz: passear com os cachorros pela manhã, cuidar do jardim, fazer compras, etc. Estes 50 dias de completa inatividade e dependência estão me consumindo...
Claro que depois da cirurgia tive que tomar remédios, dos mais variados. E estes remédios me fizeram um mal enorme ao organismo, mesmo porque eu não tenho hábito de tomar remédio nenhum, mal tenho uma dor de cabeça. Inclusive uma taça de vinho me faz dormir melhor do que com o tal do Rivotril (bleargh...).
Segunda-feira,  ao ir colocar este belo rostinho do lado de fora, no primeiro dia de trabalho, peguei uma gripe que me arriou. Com o corpo já debilitado pela cirurgia e pela medicação, fui derrubada por uma gripe, coisa que não sei o que é há anos!!! Mas com a imunidade lá no dedinho do pé, cá estou eu, parecendo um zumbi e com todos os ossos doloridos, enxaqueca e sabe-se lá mais Deus o quê.
Também, por “coincidência”, tive a oportunidade de conversar com meu médico preferido, do coração e da reencarnação, Dr. Hermann que me mandou cultivar a felicidade do espírito e cuidar do templo de Deus – meu corpo. Afinal, uma etapa acabou.
No trabalho, foi sugerido pela equipe da saúde que eu tomasse vitamina C, o que estou fazendo religiosamente todos os dias. Então, comecei a bisbilhotar sobre os chamados alimentos funcionais, nutrição e etc.

E nesta busca do que me faz bem, e me tornar spiritus sano in corpore sano, vi uns sites bem legais tanto de culinária quanto de nutrição e bem-estar. Por enquanto vou me dedicar ao estudo destes assuntos, já que faltam 29 dias (contagem regressiva!!!) para eu poder voltar a fazer exercícios físicos e caminhar com a cachorrada pela manhã.
Para quem quer conhecer as propriedades dos alimentos de uma maneira geral, e os benefícios de cada nutriente (inclusive quantidades indicadas), a Nestlé tem no seu site a Enciclopédia de Nutrição, explicando várias coisas legais sobre os alimentos e nutrientes, inclusive suas fontes e em caso de deficiência, o que pode acarretar, entre outras dicas.

Um blog legal que descobri para quem gosta de cozinhar e curte esta “arte” é o Fogão Azul. Confesso que sou uma negação na cozinha, e até acho uma vergonha uma química não saber fritar um ovo direito, mas estou disposta a tentar mais este desafio. E contarei para vocês, prometo!
Afinal, qual a diferença do potássio do laboratório para o potássio do rabanete?
Até a próxima!


2 de junho de 2010

COMEMORAÇÃO! Hoje é Dia!!!

Hoje é um dia para se comemorar!

A cirurgia foi um sucesso e ontem tirei as bandagens e os pontos. Estou 100% pronta para outra! Completamente curada!
Claro que me deu uma vontade louca de me presentear com aquele sapato carézimo, de um palmo de salto, mas me controlei. Até minha mãe estranhou!!!! Ela pensou que esta história de educação financeira fosse da boca para fora rsrsrs
Mas não fiquei com água na boca não. Eu havia planejado que se eu tivesse sucesso nesta jornada contra o câncer, eu ia me dar um presentinho. Comprei uma boina linda!
Mas o assunto hoje não é sobre educação financeira, mas sobre educação do espírito.
Este mês de maio foi realmente um divisor de águas na minha vida. Os exames doloridos, a tristeza de saber dos tumores (qualitativa e quantitativamente), a cirurgia e o afastamento do trabalho me levaram a uma reflexão muito grande. Nos 15 dias que sucederam minha cirurgia, eu pude refletir bastante sobre como vivemos.
Sei que todos têm uma vida muito agitada, corrida, e é comum dizermos “não estou com tempo para isso, para aquilo”, mas convido todos a terem “tempo para o próximo”.
E o que seria isso?
Embora eu estivesse de licença médica, em casa, distante da minha rotina diária, recebi muitas visitas, o que foi ótimo, maravilhoso! Mas o que me chamou atenção e me fez muito bem foi a quantidade de email e telefonemas que recebi. Tive amigos que até mesmo entre uma reunião e outra me mandavam um torpedo.  
Ah....muitos podem dizer que eram simples torpedos, sim eram. Mas a questão é a mensagem subentendida nas entrelinhas, que é exatamente “lembrei de você e quero que fique boa logo”.
Mas em contrapartida tiveram aqueles que disseram “vou te visitar, telefonar com certeza” e sequer mandaram email, ligaram ou mandaram aquele torpedo. São os que não têm tempo para nada. Ou melhor, não tem “tempo para o próximo”. Aí quando te encontram, dão um sorriso amarelo e dizem “menina, não tive tempo sequer de respirar”.
E eu fiquei pensando...
primeiro fiz um mea culpa e depois eu comecei a refletir. Será que tratamos os outros como queremos ser tratados? Na minha casa vinha gente todo dia - até cachorro - mas e aqueles que são incapazes de cultivar e cativar amizades?
Eu pensei em algumas pessoas que conheço que não tem amigos e fiquei imaginando como eles passariam por uma situação grave sem apoio de amigos, de família. Sabe aqueles que só são voltados para si mesmos? Como eu falei no post “notícias do front”, 90% da recuperação se deu graças ao carinho, às preces e às vibrações positivas que recebi durante este período. E quem não tem isso? E quem se fecha para o mundo? Quem se acha auto-suficiente?
Caracol, que pode se curar no corpo, mas o espírito fica doente com a solidão e a luta solitária contra a doença. Deve ser muito triste não acham?
O tempo, somos nós que fazemos, priorizamos, planejamos etc. Mas mais difícil do que achar tempo para fazer as coisas, é arranjar disposição para sairmos de nossa posição passiva diante do próximo, que pode ser a exteriorização de uma postura de orgulho e vaidade – sim, porque o próximo que deve vir até mim – e é desta passividade que devemos lutar contra. Com esta passividade criamos muralhas diárias, e depois não conseguimos sair, ou o outro não consegue mais nos enxergar.
É ir sempre em direção ao próximo, pois no dia que a situação ficar difícil, o próximo estará batendo na sua porta.
E isso quer dizer: para o mundo, eu fiz a diferença!
Até a próxima – já de volta à deliciosa rotina do dia-a-dia!!