23 de fevereiro de 2010

LIMÃO NO COPO - Mais uma vez a culpa é do limão!!!!

Recebi este email de minha sobrinha linda e de um amigo do trabalho. Então resolvi fazer um texto sobre o velho vilão – O LIMÃO!

Não sei por que o pessoal não gosta do limão!

Este já é o segundo email que respondo a respeito das mortes ocorridas devido ao uso de limão.

Já não podemos comer camarão com limão, e agora não podemos beber cerveja com limão? Nem refri com limão?

Como poderemos saciar nossos prazeres gastronômicos assim?
A frustração bate à minha porta ....
Mas antes de afogar minhas mágoas em um guaraná com uma rodela de maçã, vou me divertir um pouco...
Meu texto está em vermelho...
LIMÃO NO COPO
MICHELLE MARTINS CARVALHO MUNIZ
Fisioterapeuta Dermato Funcional
Venho, através desta, informar um desastre ocorrido, infelizmente, em minha família.
Viajei com meu irmão na passagem do ano para a famosa praia de CAMBORIÚ-SC. No sábado (04/01/06) fomos nos divertir em uma casa noturna chamada IBIZA onde havia muita gente bonita, ambiente aconchegante.. Foi uma noite superdivertida.
No domingo de manhã meu irmão acordou com fortes dores no estômago, febre alta e espasmos musculares.
De imediato levamos ao HOSPITAL SANTA INÊS em Balneário Camboriú.
Muitos exames e 4 dias de internamento depois, de início, eu suspeitava que os médicos soubessem o que ele tinha, mas não queriam contar.
Falavam que, possivelmente, fosse uma Salmonella, mas eu descartei a possibilidade já que nossa alimentação havia sido somente em casa. No dia 08/01/06 meu irmão infelizmente veio a falecer e, como os médicos ainda não haviam nos passado o diagnóstico, contactei meu advogado que entrou em contato com o Hospital.
Blá blá blá ... já perceberam que nestas histórias sempre morre alguém? Parece o jogo CLUE (ou Detetive).
E esse pessoal é vitorioso! Passar uma noite inteira “superdivertida” sem ao menos beliscar um amendoinzinho? Um pãozinho! Ai que eu queria ser assim!
Tivemos uma reunião diretamente com o Diretor do Hospital. Para nossa surpresa o caso era o seguinte: as casas noturnas servem cervejas LONG NECK, e muitas pessoas pedem para que seja colocada uma FATIA DE LIMÃO para um 'toque especial' (e porque não dizer mortal).
Bom, aqui não faço nenhum comentário científico, mas estético. Imagino o garçom tentando enfiar uma rodela de limão no gargalo de uma cerveja Long Neck, deve ser nojento e no mínimo fazer uma grande sujeira no bar .... se eu fosse o dono, proibiria esta lambança! Imagine o cheiro deste “ambiente aconchegante” ?
Decidi fazer umas pesquisas por conta própria, já que tenho um amigo próximo, pesquisador da escola de biologia Universidade Federal de Santa Catarina.
Imagino a dupla ... Tenho pena da fama que os pesquisadores da UFSC estão levando...
Desta forma, pude descobrir que, apesar de tudo estar sendo abafado pelos fabricantes de cerveja, o problema, está nos limões fatiados que não são utilizados prontamente, e muitas vezes eles são fatiados antes mesmo dos bares e restaurantes abrirem, durante a tarde.
Aqui começa a diversão – a explicação do óbito do sujeito...
Ácido cítrico do limão 'velho' em ação com os conservantes estabilizantes excessivos presentes na cerveja
Bom ... O ácido cítrico É um conservante, além de ser utilizado na preservação de alimentos. Exatamente o efeito contrário do que diz este “alerta científico”.
São um paraíso para micro organismos já existentes naturalmente nas cervejas (Sacarovictus Coccus Cevabacillus ativus)
Alguém teve a curiosidade de ver se este “micro-organismo” existe? Não, ele NÃO  existe!
Via de regra, as cervejas são feitas com água, cevada maltada e lúpulo, fermentados por levedura. tem como micro-organismo o Saccharomyces cerevisiae.
Ah... na fabricação da cerveja, o lúpulo tem um efeito “antibiótico”, o que deixa com que os outros micro-organismos indesejáveis não se proliferem, ou seja, não teria como o nosso monstro Sacarovictus sobreviver.
E claro, para fechar raciocínio – já no consumo da mais apreciada bebida do brasileiro - uma das características do ácido cítrico é que ele é anti-bacteriano. Então imaginem o genocídio bacteriano na hora em que se pingam as gotinhas de limão na cerveja... Faz um bem danado!
se tornando um veneno letal tipo draft. O resultado é a produção de uma toxina altamente nociva ao nosso organismo..
Por favor! Não quero comentar esta frase!!! Só repetí-la: “veneno letal tipo draft” ….
A sugestão para quem talvez não acredite nesta mensagem seria pedir que o garçom fatie o limão NA HORA E NA SUA FRENTE,
E claro! mande-o diretamente para o banheiro lavar as mãos, senão ele pode ter uma fito-fotodermatose, ainda mais nas barraquinhas à beira-mar...
isso minimiza e muito risco de qualquer tipo de infecção...
Peraí ... Mas ela não estava falando de intoxicação? De onde saiu esta infecção??
Peço humildemente que divulguem este e-mail, nada trará meu irmão novamente, mas muitas vidas poderão ser poupadas.
Interessante que, se historicamente a cerveja existe desde 4.000 a.C. como que este problema só foi detectado mais de seis mil anos depois? A AMBEV tem que trocar seus mestres-cervejeiros...
Nessa até refrigerante com a famosa fatia de limão, ou a cuba libre. PROTEJAM-SE E PROTEJAM OUTRAS VIDAS!!!!!!!!!
Ou limonada suíça, ou até mesmo a Tequila (já que ela colocou refri no meio, porque não posso colocar um destilado?)! Imagine quantos mexicanos já não morreram assim? Tem um controle populacional melhor?
Vou mais além ... E aquele torta de limão com a raspinha em cima? Morte certa!
LIMÃO NO COPO - avisem os filhos, amigos, irmãos, enfim todos
Não guardem o limão depois de cortado, nem na geladeira adianta!
Sabias disto? Eu não...
O máximo que pode acontecer é o limão ficar mais azedo! Que nem a alma de quem escreveu isto!!!

Mais uma vez eu repito; tomem muito cuidado com o que repassam  pela internet. A gente não sabe quais ações as pessoas menos avisadas podem tomar.

Até a próxima - se a torta de limão da geladeira deixar...

19 de fevereiro de 2010

FAÇA VOCÊ MESMA (1): MINHA ADEGA - Uma Obra de Arte!

fotos: minha adega recém construída
Voces se lembram que no post anterior eu disse porque eu AMO Carnaval?
Pois bem, são aqueles momentos que eu posso ficar em casa curtindo o meu "ócio criativo"
E como eu falo desde o primeiro post (lá nos idos de agosto de 2009), eu sou muito inquieta, e sempre estou inventando algo novo.
E eu, que adoro artesanato, entrei há algum tempo no mundo da decoupagem e pintura artísitica. Só que, além das caixas (que são belíssimas), cachepots e outros, resolvi fazer uma adega.
Claro! Todos sabem que sou amante de vinhos. Falo isso sempre.
E o que melhor que guardar meus vinhos em um lugar que foi feito por mim mesma?
Esta adega é de madeira, modular (pode colocar quantos nichos quiser - ver primeira foto) com fundo e borda em decoupagem e sobreposta com pátina envelhecida. Ficou muito linda! UM ARRASO!
E já que estou falando no lugar perfeito para guardar meus vinhos, tenho que dividir com voces a home-page da adega onde compro meus vinhos, já coloquei no post passado mas detalhos mais aqui (lá também tem o Torrontes, ok Carol? :) )
O nome da Home-page é Bardot Vinhos e Arte e está bastante interessante.
Além de falar sobre diversos vinhos, sobre acompanhamentos para comida, origem, ainda tem um serviço que eu achei o máximo!
São os "vinhos pontuados". Eles trazem informações sobre quais vinhos existem no seu catálogo que foram pontuados internacionalmente por vários expertises e sommeliers, o que dá uma visão mais profissional de em termos de sugestão de vinhos.
Ah,,, sabe aquele vinho - o Crio Torrontes - que conheci no norte da Argentina e que falei sobre ele em um post anterior? Ele está pontuado em 90 pontos por Robert Parker Wine Advocate  e 90 pontos por Wine & Spirits (procurem na internet, vão gostar da leitura).
Realmente navegar pelo site da Bardot é um prazer!

Até a próxima!

OBS: Abri um ateliê junto com uma amiga, e estou montando nosso blog. Depois mando o link para o porfolio de nossos trabalhos - inclusive a adega!

14 de fevereiro de 2010

VIVA O CARNAVAL!

fotos: minhas preferidas

Carnaval! que maravilha!
Para muitos é a "Festa da Carne" mas para mim tem um significado especial!
Significa PAZ, ficar curtindo minha casa, fazer meus trabalhos artesanais, e claro, cozinhar e experimentar meus vinhos.
Entre meus trabalhos artesanais, estou terminando minha adega toda feita de decoupagem, depois mostro para voces!
Esta semana estarei literalmente à toa, e os foliões de plantão que me perdoem, mas o silêncio é fundamental!
Hoje irei saborear o vinho TOSO, um espumante com 50% Chardonnay e 50% Chenin, uma novidade. Mas isso só a noite, assistindo um DVD que comprei - Amy Winehouse.
Não gosto do estilo de vida dela mas sua voz para mim é um misto de Nina Simone e Billy Holiday, gutural, dançante.
Ah... Esta locadora de vídeo/adega onde compro meus vinhos lançou seu espaço na internet, inclusive com a venda dos seus vinhos. Para quem quiser um vinho não popular mas com preço camarada, visite o site:
http://www.bardotvinhoseartes.com.br/loja/, tenho certeza que vão amar!
Bom, deixa eu dar mais um mergulho na minha piscina perfeita (como toda psiscina de uma química), depois escrevo mais!
Mas voltando ao Carnaval, em homenagem ao meu amigo Torres da P-48 e diretor do Salgueiro, estarei vendo o desfile do Salgueiro hj!
Até a próxima!

10 de fevereiro de 2010

ASSERTIVIDADE - Em Que Direção Vai Sua Vida?

foto: placas das minhas viagens ... adoro fotografá-las!

ASSERTIVIDADE: fazer uma afirmação e se responsabilizar por ela (Max Gehringer)
Um dia destes eu estava escutando o programa de Max Gehringer na CBN, e ele falou sobre assertividade.
E este é um tema que eu, particularmente, gosto muito.
De uma forma geral, pode-se dizer que assertividade é a tal da palavra de honra.
E como eu entendo assertividade?
É quando alguém fala uma coisa e se esforça para cumprir a sua palavra.
E para que sua palavra seja cumprida, você tem que ter certeza que será capaz de dedicar tempo e vontade para tal intento.
É ter a direção traçada.
E eu respeito muito este tipo de pessoa.
Hoje em dia é muito comum as pessoas dizerem as coisas e esquecerem minutos depois, seja por preguiça, por incapacidade de cumprir o que falou, ou até mesmo - o pior dos casos - fala alguma coisa para posar de bom moço e depois por conveniência volta atrás nas suas decisões.
Só que no mundo de interações sociais que vivemos, muitas vezes o que as pessoas dizem podem interferir em nossas decisões.
Eu tenho um exemplo desses que me fez refletir muito, e digo até mesmo que mudou a direção de algumas decisões pessoais minhas.
No ano passado, por volta de outubro, um conhecido me afirmou categoricamente que tomou uma determinada decisão e estava em um processo de desvinculação de uma situação que estava ocorrendo.
Desta maneira, as coisas estariam caminhando para uma determinada direção em pouco tempo e eu aceitei isso como verdade, mas passei a perceber as coisas que estavam acontecendo no caminho.Chegado o mês de novembro, tive a comprovação de que a "decisão" tomada por esta pessoa, foi um verdadeiro embuste, uma grande mentira.
Quando eu perguntava sobre a situação, a resposta era "está sendo resolvida", enquanto que a realidade era o oposto. O conhecido havia falado “da boca para fora” a resposta que eu queria ouvir, mas na realidade as ações migraram para o lado oposto.
Aí eu fico pensando: o que leva uma pessoa, em sã consciência, querer mentir para o outro? Se falta coragem ou capacidade para manter a palavra, falar porque? Porque podemos magoar o outro? Não se preocupe com isso, pois quando a verdade vir à tona, a mágoa certamente será maior.
Como Max Gehringer falou, assertividade tem uma íntima relação com responsabilidade.
E ser responsável é tomar as rédeas de sua própria vida.

É decidir algo, amadurecer a idéia e só depois externar o seu propósito, com dedicação ao objeto da palavra.
Ser responsável por seus atos é SER humano, é ter amadurecido a sua capacidade de livre-arbítrio. É não fugir das suas escolhas, e se caso não dê certo a opção, é não terceirizar a responsabilidade, colocando sempre no outro a culpa de sua fraqueza.
É não esperar que o outro decida por você.
É ter a certeza de que caminho tomar, e se não tiver certeza, pelo menos assumir a responsabilidade da escolha
É covardia dizer que vai fazer uma coisa que interfere na vida dos demais e não fazer, não explicar ou aplicar o famoso gerúndio “estou fazendo”



Ah ... gerúndios ...
Estes gerúndios transformam nossas vidas em uma bola de neve, e aí quando a gente vê, não temos tempo para nada ou perdemos grandes oportunidades em nossas vidas.
São as pessoas que dizem que vão levando a vida, que deixam nas mãos de Deus.
Tem uma frase que gosto muito e uso com bastante freqüência: “A submissão à vontade de Deus não nos dá um passaporte para a inércia”, porque se Deus quer que cresçamos como Espíritos, isso se faz através de nossas escolhas e responsabilidade, e não porque parecemos um pedaço de alga entregue ao mar de “Deus dará”
Esse meu conhecido, que estava com a situação “se resolvendo”, a partir deste gerúndio que se perpetuou por meses, perdeu uma grande oportunidade de colocar a vida nos eixos. Fazer o que, né?



Até a próxima – assertivamente!

8 de fevereiro de 2010

CUIDADOS NO PARAÍSO

Fotos: Lar Doce Lar
Como voces sabem, eu sou apaixonada pela minha casa, que eu chamo de meu pedaço de paraíso.
Não há nada que eu ame mais do que sentar e ler meu jornal aos domingos pela manhã com uma bela caneca de café ou degustar uma deliciosa taça de prosecco nestas noites maravilhosas de calor!
Ainda mais agora que coloquei minha tão sonhada iluminação externa, fica simplesmente divino ficar à noite aproveitando a piscina.
Mas uma coisa sempre me incomodou - eu tenho uma labralouca que não tem um pingo de juizo (claro!!! é labrador!!!!) e que eu morro de medo dela cair na água quando não tiver alguém em casa e ela se afogar, pois minha piscina é de azulejo e a escada não permite que ela saia, como as de fibra.
Então todo dia era sacrifício de fechar a piscina com a rede, que chegava mesmo a tirar o tesão de aproveitar até de madrugada.
Com certeza, devido aos quilos a mais, ela não pode fazer como os meus siris, que sobem em tudo o que é canto! e que por sinal são lindos!!!!
O Sr. Custódio não chega nem perto da borda, mas a Guilhermina adora fazer sua corrida matinal pela borda.
Foi aí que fiquei sabendo de uma invenção fantástica, que me salvou os banhos de piscina de madrugada - um aparelho chamado SAVEDOG, ou como eu falo Salva Cão.
Este aparelho é super simples de armar e deve ser colocado quando a piscina ficar sem uso.Ela fica presa no degrau que fica no nível da água, e sendo anti-derrapante, o cachorro consegue nadar até ele e sair sem problemas.
Achei o máximo! Só em saber que se a Labralouca, digo Guilhermina cair sem querer ela pode sair numa boa já dá um grande alívio.
Afinal... estas coisas peludas e gostosas fazem parte do meu paraíso doméstico. E como diz minha sobrinha Amanda "Alguns anjos não possuem asas, possuem quatro patas, um corpo peludo, um nariz de bolinha e orelhas de atenção".
Se conhecerem álguém na mesma situação, divulguem este aparelho, ele é o máximo!
Ah! esta siri na primeira foto é a Bonnie Tyler, adora dar um show em cima da prancha de surfe rsrsrs
Até a próxima!