22 de junho de 2014

VIVA A INTOLERÂNCIA (1): Abobrinha ao Forno

Bom... não teve jeito...
tive que arranjar tempo para, entre um trabalho e outro, fazer minha própria comida.  E quando falo "fazer", vai desde a polpa do tomate ao palmito...
E nesta situação quero dizer que disponho apenas de (no máximo) uma hora e meia entre fazer o almoço e almoçar. A louça fica por conta de Johann.
Liguei desesperada para a minha cunhada Renata, meu referencial em artes culinárias, e pedi uma receita de abobrinha para fazer em meia hora.
Ah... outra coisa muito importante. Eu sou muito primária em matéria de cozinha do dia-a-dia. Então tem muitas coisas que 99% da população sabe mas eu não sei. Aí a minha querida cunhada me dá um monte de dicas. Desculpem-me os que já estão carecas de saber destas dicas, mas vale para aqueles, assim como eu, que não conhecem.

ABOBRINHA AO FORNO

Ingredientes:
01 abobrinha crua ralada com casca
02 ovos
02 bolinhas de Muzzarela italiana
02 colheres de sopa de catupiry (opcional)
sal a gosto

Como fazer:
Coloque a abobrinha no fundo, em seguida coloque os queijos picados em cima e cubra com os ovos batidos.
Esta muzzarela não tem gosto, então ela é boa para ser utilizada com outros queijos sem confundir o gosto.
Coloque no forno e deixe por 20 minutos ou até ficar cozido e dourado.
Pronto! Tão fácil e rápido que até eu faço!
E fica muito gostoso!


Renata me disse:
Unte a forma com manteiga e depois polvilhe farinha de rosca para não grudar a abobrinha no fundo.



Até a próxima!

18 de junho de 2014

INTOLERÂNCIA A CONSERVANTES - Fala Sério!

Ha quanto tempo!!! Tenho saudades de estar aqui. Muitas saudades...
Mas o tempo ficou curto demais. Muito trabalho, abri uma loja (como escrevi anteriormente) e cada dia mais fiquei com menos tempo.
Tempo até mesmo para cuidar de mim mesma. As coisas se atropelaram de fato!

Acontece que comecei a me sentir mal, ter muita enxaqueca de ir para o hospital tomar remédio na veia, começaram os vômitos, mal-estares e pronto!
Check-up completo. Vira daqui, vira dali...
Tomografia, ressonância, endoscopia... literalmente me viraram ao avesso.
Mas sem querer me alongar muito neste percurso, fui diagnosticada com gastrite e uma intolerância grave a conservantes.
Beleza! Alguém já parou para perceber a quantidade de químicos que ingerimos diariamente?
E aí se eu comer coisas de pacotinho, caixinha, latinha, garrafinha, saquinho eu passo mal até o dia seguinte
Fiquei extremamente estressada, irritada e mal-humorada com isso. Achar um suco natural na rua? Ah... que dificuldade!
Desde o começo deste processo, já emagreci cerca de 10kg.
E os remédios e probióticos então??? Uma fortuna por mês. Cada vez que eu comia algo que tivesse algum químico tinha que tomar mais um saquinho de probiótico.
Então foi aí que caiu a ficha! Vamos virar o jogo!!!!
Vou passar a fazer tudo em casa! Do molho de tomate ao palmito.
E é esta a minha proposta. Alimentação sem produtos químicos e receitas, muitas receitas.
Como não sou muito boa com receitas, vou "colar" as dicas da minha cunhada Renata, que me socorre quando ligo para ela desesperada sem saber o que fazer com este ou aquele ingrediente.
Vou postar receitas fáceis e dicas, tanto passada pela Renata quanto descobertas feitas na internet e chefes de cozinha que conheço. Receitas fáceis e rápidas, pois tenho que fazer tudo isso apenas na hora do almoço. Afinal , esqueceu que tenho uma tripla jornada de trabalho?
Até a próxima!